quarta-feira, 19 de junho de 2019

Dr. Bronner’s Citrus & Orange


Já há bastante tempo atrás usei o gel da Dr. Bronner's na fragrância Peppermint. O gel Dr. Bronner's é nada mais, nada menos que um sabão de castela que está disponível líquido ou sólido (em forma de sabonete).

O sabão de Castela é um produto biodegradável feito com uma base de azeite e água e foi em inventado em Alepo e trazido para a região de Castela, em Espanha, onde se tornou popular. Trata-te um produto lavante suave que pode ser usado em praticamente tudo, desde o banho até limpar a casa. A versão em gel é uma forma mais diluída da versão em barra.




O gel Dr. Bronner's existe disponível em várias fragrâncias e há mesmo uma versão neutra sem qualquer cheiro. As versões com fragrância são conseguidas através da adição de óleos essenciais e podem ser escolhidas mediante a finalidade pretendida. Podem encontrá-lo nas versões baby (sem cheiro), peppermint, lavanda, amêndoa, citrus, tea-tree, rosa e eucalipto. Eu já experimentei o peppermint e adoro, nos dias de verão é extremamente refrescante e revigorante.

Quando comprei os pensos reutilizáveis da Charlie Banana comecei a lavá-los na banheira e comecei por tentar desenrascar lavá-los mesmo com gel de banho mas é uma péssima ideia, não lava nada e só faz uma imensidão de espuma que depois é difícil de retirar do tecido. 

Num dos vídeos que vi da Tânia, que me tinha recomendado comprar os ditos pensos, ela recomendava o gel da Dr. Bronner's na versão citrus. Como já não usava este produto há muito tempo nem me tinha ocorrido mas era de facto uma ideia genial. É um gel que posso ter sempre na banheira à mão, que permite lavar os pensos quando é necessário e também posso usá-lo no banho se assim entender. Por outro lado, a versão citrus tem um cheiro fresco e suave a limão que ajuda na lavagem e a remover eventuais maus odores.

A Dr. Bronner's diz que o seu sabão (tanto em barra como líquido) pode ter 17 usos diferentes, embora me pareçam que alguns sejam mais especificações (para cada um destes 17 pontos, a marca tem no site a instruções, indicando quantidades e qual a versão mais indicada):
  1. Rosto
  2. Corpo (duche)
  3. Cabelo
  4. Como espuma em banhos de imersão
  5. Barbear
  6. Lavar os dentes
  7. Descongestionar o nariz em nebulizações 
  8. Lavar a louça
  9. Lavar a roupa
  10. Lavar o chão com esfregona
  11. Produto de limpeza multi-usos (diluído e colocado num frasco com borrifador)
  12. Lavar as janelas
  13. Lavar frutas e legumes
  14. Dar banho aos animais de estimação
  15. Lavar a sanita
  16. Insecticida para as plantas
  17. Spray anti-formigas


Na Notino, de onde mandei vir esta embalagem só existe disponível nas versões 60ml (é quase um travel size) e de 240ml. Noutros locais existem tamanhos maiores. Quanto maior for a embalagem também mais amiga do ambiente é. 

Não é um produto que seja muito barato, é um facto mas trata-se de um gel bastante concentrado e pode ser quase sempre diluído. Por exemplo, quando lavo os pensos bastam-me duas ou três gotas para cada um.

Já usei este gel para:
- Lavar a roupa e realmente funciona e é eficiente
- Lavar o corpo no duche e funciona tal como qualquer outro gel de banho
- Lavar o cabelo, infelizmente este em particular comigo não funciona, deixa-me o cabelo demasiado seco
- Lavar o chão, no meu caso o chão é em mármore preto e não gostei do resultado porque ficou tudo manchado mas num outro qualquer iria funcionar perfeitamente e deixa um cheiro maravilhoso no ar.

Agora vou de férias e possivelmente irei encomendar outra versão para levar para o banho pós-praia, possivelmente o de menta, novamente.





segunda-feira, 17 de junho de 2019

Toleriane Fluído de limpeza Dermo-nettoyante







Já escrevi aqui no blog várias vezes que não me dou muito bem com desmaquilhantes e produtos de limpeza de rosto que necessitem de ser retirados com água, embora me ande a dar às mil maravilhas com o Toleriane Caring Wash  da La Roche Posay que não sinto que me resseque a pele.

Por outro lado, nunca fui muito fã de leites de limpeza, de forma a usar um produto que não necessitasse de ser enxaguado. 

Depois de usar a versão de limpeza (com água) da linha Toleriane, resolvi mandar vir a versão leite de limpeza que não necessita de ser enxaguada para ver como me dava.

O Toleriane Fluído Dermo-nettoyante destina-se a peles sensíveis e intolerantes com tendência a seca e promete limpar e desmaquilhar o rosto e olhos sem riscos de irritações. Tem uma textura fluída, em leite, enriquecida com glicerina hidratante, sem perfume nem conservantes. Deve ser aplicado no rosto com a ponta dos dedos massajando de forma circular e, em seguida, deve ser limpo com a ajuda de um algodão sem esfregar. Não é necessário enxaguar.

Pensei eu que este produto me ia resolver os meus problemas, era só aplicar no rosto, massajar muito bem e retirar com a ajuda de um algodão. Em primeiro lugar, para retirar toda a maquilhagem sinto que é necessário repetir este processo mais do que uma vez o que acaba por me irritar mais a pele, por muito que tente não esfregar. 

Em segundo lugar, nos olhos, principalmente com máscara de pestanas mais resistente é um drama, não consigo retirar tudo e se insistir ou colocar mais quantidade de produto acaba por me entrar tudo para os olhos e, embora não sinta ardor, acaba por ser um filme. 

Por último e mais importante, a primeira vez que usei este produto senti um ardor na pele. Na altura associei ao facto de ter a pele mais sensibilizada, daí ter recorrido ao leite mas já repeti o processo várias vezes e voltei a sentir ardor mais do que uma vez. Até acabei a conferir a validade do produto, não fosse ter recebido por descuido um produto sem validade ou ele ter-se deteriorado de alguma forma. Achei que me ia dar melhor com este produto, já que uso quase tudo de cuidados de rosto das linhas Toleriane e Rosaliac. Alguém que use este produto que sinta o mesmo? 

Conclusão, continuo a usar este produto mas quase como um primeiro passo na limpeza de rosto, tenho sempre necessidade de complementar com um desmaquilhante mais oleoso para retirar a maquilhagem, principalmente dos olhos, e acabo sempre a lavar o rosto com água e com o creme lavante também da linha Toleriane, para garantir que fica tudo realmente livre de maquilhagem. 

Ainda por cima, comprei o tamanho de 400ml porque compensa sempre mais encomendar o tamanho maior mas para quem preferir existe na versão 200ml.





segunda-feira, 10 de junho de 2019

[EN] Charlie Banana Feminine Cloth Pads - Review II

In April I bought some reusable pads from the brand Charlie Banana and at that time I already made  a very complete post about them here in the blog. Despite that, I still hadn't used them and I received several messages with questions and doubts about them. I received messages from people who were interested in how they worked, and others who told me they thought they weren't worth it or they simply thought they wouldn't never want to use them or even try it!

So, this time I'll try to talk about them in topics. I advise everyone who has some interest in reading the first post about them here, although I will probably recapitlate some things.




Most people might not feel the need to try a product like this... For me, there were several reasons that led me to look a product like this. Besides the environmental awareness, because many of the things we use nowadays are unnecessarily disposable and in plastic, I'm allergic to disposable pads, and most of the times I had rash, like babies when using disposable diappers. Also, the smell of disposable pads was always an issue for me, it really bothers me. I could feel their smell when they were even in the package and when using them it was horrible, specially in hot days, I would swear I could smell them all the time when using them.

What led me to look for a product were several reasons. In addition to environmental awareness that many of the things we use today are disposable and unnecessarily plastic is that I make allergy, I was often baked, as with babies with diapers and the smell of disposable sanitary napkins always bothered me a lot . I am very sensitive to odors and I hate the smell of disposable dressings, I have always used Evax, since I took them from the package until its use, on hot days mainly, sometimes it seemed that I smelled the dirty dressing on my nose, even when I just changed them ...


Some of the questions I received were:
- How do we change them when we are out?
"Do they absorb well?"
"Are there no leaks?"
"Are they comfortable?"
"Aren't they very thick, like we are using diapers?"

I also received some comments such as:
"I can't figure out how they are more environmentally friendly since we have to wash them and so waste water and detergent"
"I wouldn't  want to have the worrie of washing them."
"I couldn't handle the blood when I would have to wash them."


First of all I will focus on the environmental issue. Concerning the disposable pads, we have to necessarily buy them every month, so it's a question of math. You can calculate and multiplicate "x" pads a day per "y" days of period plus 12 months a year. If we use three pads a day, we have and average of 5 days with period, we will spend 180 pads a year. There are obviously people that use more, others who use less. Here we are just looking at the waste of the pads itself. Then you have to think abot the packaging where they come, the larger packaging where they ae delivered at the supermarkets, their transport up to the supermarket (the waste and pollution involved), the entire process of manufacturing them in the fabrics (water, electricity, pollution, etc.) and the raw materials used. When we look at a product we can't only see it for itself, we have to think about the whole ecological footprint of it. Some days ago I saw in a video a very interesting observation, the pads we used in our first period, won't possibly be decompesed, not even in the generation of our great-grandchildren.

For those who say to me "they aren't ecologicaly worth it because we have to wash them and spend many water", my question is: "do you eat on plastic plates ???".

When we buy a reusabble pad, we buy a product that is produced once, transported once, and although these contain plastic in some way, because they have a waterproofing layer and aren't made of cotton, they are produced only once and last for many years ( I do hope so). The person who advised to try Charlie Banana's pads, told me she had hers already for eleven years and they are still perfectly white and they have the same effectiveness as in the beginning.

Charlie Banana's pad are made in China, this is a point that I do not like very much but at the moment, unforunfortunately almost everything we buy comes from China . Anyway, for thosr those who want to try a little bit more eco firendly pads, you can always search for someone or some brand that makes them in your area.


Charlie Banana's pads were inspired by reusable baby diapers. These pads are available in four sizes:
- Liner
- Regular
- Super
- Super+
- Combo (a set with four pads, one of each of the ones mencioned above)





These pads are made with three different layers, the under layer that is in contact with the undergarment is waterproof to prevent leakage, the middle layer is absorbent and the top one is  stay dry. 

These pads are available in black and white and in plenty of other colorful and feminine patterns. The exterior varies in color but the interior is always white, made in a fleece that is extremely soft to the touch, it is so pleasant that makes you want it just for pleasure! Obviously with the washes the fleece becomes to look more "used". According to what I have been researching, they are made in polyester and nylon fiber and not in cotton because the cotton does not have the same absorption capacity and would leave you feeling the period moist and uncomfortable. Anyway the cotton would only be advisable because of the material respirability and if it was organic, since in cotton's crops are usually used tons of herbicides and pesticides.


From left to right: Peony Blossom, White, Floriana and Black






When I bought these pads, I asked my sister if she would want to try them too, and although she was not very convinced, she eventually was convinced and converted to them. Initially we bought three Combo packs and we split between them the two of us and then I just felt the need to have more and I got two more packs, one of Regular (blank ones that initially was not in stock) and another in size Super. I'm already in the third cycle using them and I'm very satisfied.



Aren't they too thick like we are using diapers?
I used to use Evax, compared to them yes, they are thicker, initially I could feel a difference, I felt almost like I was wearing pads for the first time. But let's be honest, there are in the market disposable pads as thick or thicker than these ones and there are people who use them. After a few days we get used to them and we only feel it if we are thinking about it, otherwise I do not even remembered that I've put it on. You certainly remember to wear feminine pads for the first time, the initial feeling with these is more or less the same. Where I could feel the most the thickness was in the back, like I had a little cushion. In most clothes you will not notice anything, obviously if you wear a bigger size and a very tight and very light or transparent pants it will probably be noticed but this is the same thing as you wouldn't wear panties with flowers while wearing pants with more transparency.

Are they comfortable?
Yes, they are very comfortable, the most pleasant aspect is that they are very soft. I just feel that they could be a bit narrower because they tend to bend slightly, it's like a U-shape and the period instead of going to the middle tends to get accumulated more on the sides

Do they absorb well?
Yes, they absorb better than a disposable pad and that was the point that surprised me the most. With the disposable ones, when they are dirty, no matter how little, I could always feel a dampness and always had a stickiness on the surface which made me want to change the pad no matter how much fluid they might have in them. One of these days, using the Charlie Banana's, I thought, "What the hell, if I had not come to the bathroom, things would have gone badly ..." I hade some period on the pad and I did not even noticed it, I felt the pad completely dry. It is therefore undoubtedly what has pleased me most about them, the feeling of being dry and clean.

Don't they slide?
It depends ... with me not even once! The brand advises that you wear an underwear that isn't much narrower than the pad to unsure that it doesn't slide. My sister although has some narrow panties and complained that when using them the pad turned around during the night, so this is a point to keep in mind. The snaps on the pads guarantee that they stay perfecty attached to the underwear. Concerning they sliding back and forth the bigger the pad is less it slides. Sometimes it slightly slips back with the smaller sizes but we easily put it back in place.







Aren't there any leaks?
At this point they work like any disposable pad, if you change them with the necessary frequency there are no leaks, in fact I feel that they are much more absorbent than a disposable one and we must also agree, disposable ones aren't  also free of accidents and leaks. I already had some accidents and leaks, more than once with disposable pads.

How do we change when we are not at home?
Like any normal pad, the difference is that we have to fold them and bring them home in a purse. Each pack of three pads comes with a waterproof pouch, I walk with two in the wallet, in different colors to distinguish them, one is for the dirty ones, the other for the clean ones. The way they are designed allows them to be folded with the dirty side inside and they stay closed with the snaps. When we get home we wash them. If you prefer, if you have a private washbasin on hand, you can give them a pre-wash with water, squeeze them well and then put it in the bag but it will not be such a practical option. I confess that in these three cycles I didn't need to change them a single time when away from home, because when I know that I will be out I use a tampon also. This will depend a lot on the habits of each one. Maybe if I had a lot of flow, If I spent all day out and just wear pads this option might not be very viable because I could not see myself walking with five or six dirty pads inside my wallet and so many clean others to change.




How do we wash them?
They are as easy to wash as any other garment. We can cold wash them in the machine, without bleach or softener. What I do is, at the end of the day I put them in water and the next day I wash them all in the bath. I put them on the base of the bathtub to get them soaked while I take a shower and then I put a few drops of detergent and wash them by hand, do not even feel the need to wash them in the machine. Now I have in the tub the a blottle Dr. Bronners' citrus gel and that's what I  use to wash them. It may seem a bit crazy but I had a little beach bucket that someone offered with my name on it and as I don't use it and don't have kids, that's what I use to clean them. I have it the bathroom, I fill it with water and leave there the pads soaking, while I don't wash them. If you prefer you can put them directly in the laundry machine or at the end of the cycle wash them all in the machine. One plus point is that they dry relatively quickly, if it is a warm weather they take a day or two to dry, so they can be used again. It's a very simple thing to do, it takes only five minutes to wash them, anyone who says that wouldn't be able to do it is just pure commodity, the same commodity of those persons who buy eggs cooked and peeled in the supermarket.


"I could not handle the blood while washing them!"
Well, you won't meet a person who deals worse with blood than I do, I'm thirty years old and I cry everytime I need to do blood tests, I have a huge phobia but in terms of the period it's something different and I don't face it the same way. Blood from period is something that we have to get used to since and we are very young and if you can't wash a pad, I can't understand I you would even be able to just clean yourself with toilet paper ... In the case of these pads, the blood is so well absorbed that you won't even notice it that much. It's just like a dirty, dry stain. You can simply soak them and toss them to the next laundry machine. Simple!

What is the cost of these pads?
This may be the only "snag"! Ok, they are not cheap! A pack of three pads costs around  20 and a pack with four different ones costs around  25. How many you will need to get really depends on your flow, days of menstruation and how many times a day you change the pad. The brand recommends that you purchase a combo pack, a Regular pack and a Super pack. But let's be honest, disposable pads aren't cheap too. I made the calcules and with the amount of pads I use, the reusable ones are paid at the end of a year. Well, if tyou use them for five years (surely they will last longer), it's like not having to pay pads for four years.


Size compared to disposable pads
In another post I put a picture on the size Super  and a regular sized Evax with flaps that was what I used to use. When I bought these, I took an Evax from my bag, in the store and compared them, the size was similar, so I though the sizer super would be the one I would use most. I was wrong. These pads are thicker and as they don't stick (don't have glue) to our underwear we can place them in the place we want, so it stays put right in the middel of the panties so I felt the regular size was short for me at the front in the days with more flow. So the size I use most and feel more comfortable with is Super. I use the regular one in the beginning and at the end of the period and then I have Super+ if I need extra protection while sleeping and liner to use as a salvaslip.




Do they feel hot?
I read somewhere that the pads on warmer days become a bit uncomfortable. I still can not comment on this, we had some hot days here but I experiencied one day or another and I did not feel anything. Maybe if I used them several days over 30º maybe I would feel it but I also never felt good with the disposable ones at this point, I always felt everything sweaty and with rash!

Conclusion, I am quite satisfied with these pads, if I could change anything in them I would only make them slightly thinner but maybe it is a necessary thing to ensure  their optimal absorption. Perhaps they wouldn't just be a good option when travelling by plane because it involves tacking them and bringring them back in the suitcase and eventually they wouldn't dry in time to bring them all cleaned and dry. 

I like to keep them folded in the drawer and I realized that if you have them in different sizes it's better to have them in differente colors and keep them in mind, otherwise it's a little difficuld to identify them. Well, I quickly solved this problem, I picked up a line and needle and on the label that says Charlie Banana I embroidered their sizes as S, M, L, XL, so I quickly realize which is which.

Personally I feel a lot more comfortable and dry with these pads than with the disposables ones.

Any questions about them, or anything I forgot to mention, feel free to ask!

Charlie Banana Pensos Higiénicos - Review II


Em Abril, comprei uns pensos reutilizáveis da marca Charlie Banana e na altura fiz uma publicação bastante completa sobre eles aqui no blog. Apesar disso, na altura ainda não os tinha usado e recebi várias mensagens com perguntas e dúvidas sobre eles. Tive mensagens de pessoas que se mostraram interessadas em saber como eles funcionam e outras que me diziam que achavam que não compensavam nada e que jamais seriam capaz de tentar sequer usar semelhante coisa.

Portanto, desta vez, vou tentar ir por partes e aconselho, a quem tiver interesse, a ler a primeira publicação sobre eles aqui, embora seja provável que recapitule algumas coisas.



A maioria das pessoas talvez não sinta necessidade de experimentar um produto deste tipo, o que me levou a procurar este produto foram vários motivos. Além da consciência ambiental, de que muitas das coisas que usamos actualmente são descartáveis e em plástico desnecessariamente, faço alergia aos pensos descartáveis e ficava muitas vezes assada, tal e qual acontece com os bebés com as fraldas . Por outro lado, o cheiro dos pensos higiénicos descartáveis sempre me incomodou muito. Sou muito sensível aos cheiros e detesto o cheiro dos pensos descartáveis, sempre usei Evax e desde que os tirava do pacote, e durante o se uso, nos dias de calor principalmente, às vezes parecia que sentia o cheiro do penso sujo no nariz, mesmo quando os acabava de trocar...

Algumas das perguntas que recebi foram:
- Como os trocamos fora de casa?
- Absorvem bem?
- Não há fugas?
- São confortáveis?
- Não são demasiado grossos tipo fraldas?

Recebi também algumas observações tais como:
- Não vejo de que forma são mais amigos do ambiente uma vez que depois temos de os lavar e gastamos água e detergente
- Não quereria ter o trabalho de os lavar
- Não ia conseguir lidar com o sangue quando os tivesse que lavar


Em primeiro lugar, vou-me debruçar sobre a questão ambiental, nos pensos descartáveis compra-mo-los obrigatoriamente todos os meses e é uma questão de fazer contas, "x" pensos por dia, vezes "y" dias de período, vezes 12 meses por ano... Se gastarmos três pensos por dia, tivermos uma média de 5 dias de menstruação, iremos gastar 180 pensos por ano e ainda há obviamente pessoas que usam mais do que isso. Aqui estamos apenas a olhar para o desperdício do penso em si. Além do penso , existem a embalagem em que vem para nossa casa, as embalagens maiores em que são entregues no supermercado, o transporte para os supermercados (poluição no transporte), todo o processo de fabricação dos mesmos (água, luz, poluição, etc.) e as matérias primas utilizadas. Quando olhamos para um produto não podemos ver só aquilo mas pensar em toda a pegada ecológica dos mesmos. Há dias vi num vídeo uma observação muito interessante, os pensos que usamos no nosso primeiro período possivelmente não se irão decompor sequer até à geração dos nossos bisnetos. 

Para quem me diz "não compensam a nível ecológico porque os temos de lavar e gastar água", a minha pergunta é: "comem em pratos de plástico???".

Quando compramos um penso reutilizável, compramos um produto que é fabricado uma vez, transportado uma vez e, embora estes contenham plástico de alguma forma, porque têm uma camada impermeabilizante e não são feitos em algodão, são fabricados apenas uma vez e duram muitos anos (assim o espero). Quem me aconselhou os pensos da Charlie Banana foi a Tânia da Ecological Kids que me contava que já os usava, os mesmo, o mesmo kit de cerca de nove pensos há onze anos e que continuavam branquinhos e com a mesma eficácia como no início. 

Os Charlie Banana são fabricados na China, é um ponto que não me agrada muito mas actualmente, infelizmente, quase tudo o que compramos vem da China.  Para quem quiser experimentar uma versão "mais sustentável" há quem os faça mais perto, há quem os faça artesanalmente, eu preferi arriscar nestes porque me garantiram serem bons ao invés de andar a experimentar uns e outros.  Entretanto já descobri mais algumas marcas que me pareceram semelhantes por cá e até gostava de experimentar.


Os pensos Charlie Banana foram inspirados nas fraldas reutilizáveis para bebés. Existem disponíveis em quatro tamanhos:
- Liner
- Regular
- Super
- Super +
- Combo (um conjunto com um penso de cada dos anteriores) 


Deixo-vos os valores em Portugal na Ecological Kids mas também podem comprar directamente no site da marca:
- Liner (tamanho S na Ecological Kids) 18.50€     (6.16€ a unidade)
- Regular (tamanho M na Ecological Kids) 18.99€      (6.33€ a unidade)
- Super (tamanho L na Ecological Kids) 19.99€     (6.66€ a unidade)
- Super + 21.99€     (7.33€ a unidade)
- Combo (um conjunto com um penso de cada dos anteriores) 24.99€     (6.24€ a unidade)





Estes pensos têm três camadas, a camada debaixo que fica em contacto com a roupa interior é impermeável para prevenir fugas, a camada do meio é absorvente e a de cima stay dry. Existem disponíveis em branco, preto e em vários padrões, coloridos e femininos. O exterior varia em cor mas o interior é sempre branquinho, numa espécie de polar extremamente suave ao toque, é tão agradável que dá vontade de usar só porque sim! Obviamente com as lavagens o polar deixar de ser tão lisinho e bonitinho e fica com um aspecto mais "usado". Segundo o que fui pesquisando, são concebidos em fibra de polyester e nylon e não em algodão porque o algodão não tem a mesma capacidade de absorção e iria deixá-los húmidos e desconfortáveis. Seja como for, o algodão só seria mais aconselhável por uma questão de respirabilidade da matéria e se fosse biológico, já que o algodão é das culturas em que mais se utilizam herbicidas e pesticidas.


Da esquerda para a direita: Peony Blossom, Branco, Floriana e Preto





Quando comprei estes pensos perguntei à minha irmã se também queria experimentar e apesar de não estar muito convencida acabou por se converter. Inicialmente compramos três packs Combo e dividimos entre as duas e depois acabei a sentir necessidade de ter mais e adquiri dois packs, um no tamanho Regular (em branco que inicialmente não havia em stock) e outro no tamanho  Super. Já vou no terceiro ciclo a usá-los e estou muito satisfeita.



Não são demasiado grossos tipo fraldas?
Eu costumava usar Evax, comparativamente com eles sim, são mais grossos, inicialmente sente-se uma diferença, senti quase como se estivesse a usar pensos pela primeira vez mas há pensos no mercado tão ou mais ou grossos que estes e há quem os use. Ao fim de alguns dias habitua-mo-nos e só os sentimos se andarmos a pensar nisso, caso contrário nem me lembro que os tenho colocados, como num penso descartável. Certamente lembram-se de usar pensos higiénicos pela primeira vez, a sensação inicial é mais ou menos a mesma. Onde se sente mais a espessura é atrás, junto ao rabo, como se tivéssemos uma almofadinha. Na maioria das roupas não se percebe nada, obviamente se usarem um tamanho maior e umas calças muito justas e muito claras ou mais transparentes vai-se notar provavelmente mas isso é como não usar umas cuecas às flores com umas calças com mais transparência. 

São confortáveis?
Sim, são muito confortáveis, o mais agradável é que são muito suaves. Sinto apenas que podiam ser um nadinha mais estreitos porque tendem a dobrar ligeiramente, fica como que em "U" e o período em vez de ir para o meio tende a ficar acumulado mais nas laterais

Absorvem bem?
Sim, absorvem melhor que um penso descartável e foi o ponto que mais me surpreendeu. Com os descartáveis, quando estavam sujos, por muito pouco que fosse sentia sempre ali qualquer coisa, uma humidade e ficava sempre uma viscosidade à superfície o que me fazia querer trocar os pensos por muito pouco fluído que tivessem neles. Um dia destes, ao usar os Charlie Banana pensei "mas que raio, se não tivesse vindo à casa de banho a coisa ainda tinha corrido mal..." tinha tido algum fluxo e nem sequer me apercebi, sentia o penso completamente sequinho. É portanto, sem dúvida, o que mais me tem agradado neles, a sensação de estar seca e limpa.

Não saem do sítio?
Depende...comigo não saíram uma única vez. A marca aconselha que se use uma roupa interior que não seja muito mais estreita que o penso em si para garantir que ele não foge. A minha irmã tem umas cuecas que são bastante mais estreitas que as minhas e queixou-se que o penso deu a volta e ficou virado para baixo durante a noite, portanto este é um ponto a ter em atenção. As molas com que fecham garantem que eles ficam perfeitamente presos à cueca. Quanto a deslizarem para a frente e para trás, quanto maior for o penso menos correm esse risco, nos mais pequenos às vezes deslizam ligeiramente para trás mas dá-se um jeitinho e volta ao sítio, ou isso ou ainda não me habituei totalmente a eles, ainda tenho um ligeiro receio.




Não há fugas?
Neste ponto funcionam como qualquer penso descartável, se trocarem com a frequência necessária não há fugas, aliás sinto que são bastante mais absorventes que um descartável e convenhamos, também não estamos livres disso com os descartáveis, tanto é que já tive acidentes mais do que uma vez se o fluxo fosse muito.

Como os trocamos fora de casa?
Como qualquer penso normal, a diferença é que temos de os dobrar e trazer para casa dentro de uma bolsa. Cada pack de três vem com uma bolsa impermeável, eu ando com duas na carteira, de cores diferentes para distinguir, uma para os lavados, outra para os sujos. A forma como são concebidos permite que sejam dobrados com a parte suja para dentro e ficam presos com as molinhas. Quando chegamos a casa lava-mo-los. Se preferirem, se tiverem um lavatório privado à mão, podem dar-lhes uma pré-lavagem com água, espreme-los bem e depois colocar na bolsa mas não será uma opção tão prática. Confesso que nestes três ciclos ainda não precisei trocar uma única vez fora de casa, até porque quando sei que vou estar mais tempo fora de casa ou a andar uso um tampão pelo sim pelo não. Isso vai depender muito dos hábitos de cada uma. Possivelmente se tivesse muito fluxo, passasse o dia todo fora e só usasse pensos esta opção talvez não me fosse muito viável porque não me via a andar com cinco ou seis pensos sujos dentro da carteira e outros tantos para trocar.





Como os lavamos?
São tão fáceis de lavar como qualquer outra peça de roupa. Podemos lavá-los na máquina, a frio, sem lixívia nem amaciador. O que eu faço é, no final do dia coloco-os em água e no dia seguinte lavo-os no banho. No banho, coloco-os na base da banheira para irem ficando ensopados (se for o caso) e depois coloco umas gotas de detergente e lavo-os à mão, nem sequer sinto necessidade de os lavar na máquina. Agora tenho na banheira o gel líquido da Dr. Bronners cítrico e é com o que os lavo. Pode parecer meio maluco mas aproveitei um baldinho de praia que me tinha sido oferecido pelo Boticário e pus na banheira, quando preciso encho de água e deixo lá os pensos de molho. Se preferirem podem colocar directamente na máquina da roupa ou no fim do ciclo lavá-los todos na máquina. Um ponto a favor é que secam relativamente rápido, se estiver calor passado um dia ou dois já os podem voltar a utilizar. É uma coisa bastante simples de se fazer, demora cinco minutos, quem não se imagina a fazê-lo é comodista apenas, do tipo que compra ovos cozidos e descascados no supermercado.



"Não ia conseguir lidar com o sangue ao lavá-los!"
Bem, não irão conhecer pessoa que lide pior com o sangue do que eu, tenho trinta anos e choro para ir às análises, tenho uma fobia enorme mas no que toca ao período é algo diferente que não consigo sequer encarar da mesma forma. É uma coisa a que temos de nos habituar desde novas e se não se vêem a lavá-los também não sei como se limpam com o papel higiénico... No caso dos pensos o sangue é até absorvido e nem se percebe grande coisa, fica só ali uma mancha suja e seca. Podem simplesmente colocá-los de molho e atirá-los para a próxima máquina de roupa. Simples!

Qual é o custo destes pensos?
Este talvez seja o único "senão"! Ok, não são baratos! Um pack de três iguais ronda os 20€ e um pack com quatro diferentes ronda os 25€. Quantos vão precisar de adquirir vai depender do vosso fluxo,dias de menstruação e quantas vezes ao dia trocam. A marca recomenda que se adquiri uma pack combo, um pack Regular e um pack Super. Convenhamos, os pensos descartáveis também não são baratos. Fiz as contas e pela quantidade de pensos que costumava usar, os reutilizáveis pagam-se ao final de um ano, se os usarem durante cinco anos (certamente que irão durar mais), é como se não pagassem pensos higiénicos durante quatro anos.

Tamanhos comparativamente aos descartáveis
Na outra publicação coloquei um penso destes no tamanho Super e um Evax tamanho regular com abas que era o que costumava usar. Quando comprei os Charlie Banana, saquei de um Evax  da carteira na loja e comparando-os achei iguais e logo pensei que seria o que mais usaria. Enganei-me! Estes pensos como são mais grossos e não ficam colocados à cueca, logo não podemos determinar o local em que ficam agarrados, senti que os Regular eram pequenos demais para os dias de maior fluxo. Isto deve-se ao facto de eles ficarem colocados exactamente no meio da cueca e portanto pareciam-me curtos à frente, uma vez que o meu período tem tendência a ficar mais à frente durante o dia. O que mais uso é o Super, o regular para o início e fim e depois têm os super+ se necessitarem de protecção extra à noite os liner que se usam como um pensinho diário.


São quentes?
Li algures que os pensos em dias mais quentes tornam-se um bocadinho desconfortáveis. Ainda não consigo opinar sobre isso, já tivemos uns dias bem quentes por cá mas apanhei um dia ou outro e não senti nada. Talvez se os usasse vários dias acima dos 30º talvez sentisse mas eu também nunca me senti bem com os descartáveis nestas alturas, ficava toda suada e assada! 


Conclusão, estou bastante satisfeita com estes pensos, se pudesse mudar alguma coisa neles só os tornava ligeiramente menos espessos mas talvez seja um mal necessário para garantir a absorção ideal. Talvez só não sejam uma opção se for por exemplo viajar de avião porque implicam levar e voltar a trazer na mala e eventualmente não secarem a tempo para estarem limpos e secos para colocar na mala. 

Eu gosto de os guardar dobrados na gaveta e apercebi-me que se não comprarem tamanhos diferentes em cores diferentes e decorarem, é um bocadinho difícil de identificá-los a não ser que os abram todos. Rapidamente resolvi o assunto, peguei numa linha e agulha e na etiqueta em que diz Charlie Banana bordei os tamanhos S, M, L, XL, assim rapidamente percebo qual é qual.

Pessoalmente sinto-me bastante mais confortável e seca com estes pensos do que com os descartáveis.

Alguma dúvida que fique sobre eles, ou alguma coisa que me tenha esquecido de mencionar estejam à vontade para perguntar!



O que levo na mala - solares e cosméticos


Daqui a nada as férias estão aí à porta e já começo a pensar no que levar na mala e a preocupação habitual desta época, de comprar protectores solares. Ora bem, quando vai a família toda sou eu que fico incumbida de tratar dos solares e levo sempre uma "catrafada" deles, acho sempre que levo a mais mas, por exemplo, no ano passado estava a ver que ainda ia ter que comprar mais algum no supermercado.

Em termos de protectores solares costumo dividir, levo por exemplo dois solares com protecção 50 para os primeiros dias, dois com protecção 30 para quando já estou bronzeada, tento levar sempre um óleo (sou a única que gosto) com protecção e neste caso tenho preferência pelos que têm FPS50 para não fritar ao sol, protector para o rosto, um stick para áreas que necessitem e mais protecção (o meu vitiligo, bochechas quando ando mais exposta ao sol ou a tatuagem do meu namorado, por exemplo) e um para lábios. Se tiver espaço ainda levo um protector/hidratante para o cabelo porque passo a vida na água do mar que me desgraça o cabelo todo.

Ainda tenho alguns solares do ano passado (por abrir) que vou levar nas férias mas também já encomendei mais dois, um da Garnier Ambre Solaire porque era novidade e me chamou a atenção e um roll-on da Nivea, a pedido da minha irmã que gosta de protectores em stick/roll-on, principalmente para colocar no rosto quando vai fazer surf.



A nível de produtos de higiene pessoal e cosméticos,  por norma levo sempre produtos em tamanho full-size, principalmente se for mais de uma semana (a não ser em viagens de avião que não é possível) e a única coisa que gosto de levar em tamanho travel size ou opções mais compactas é a maquilhagem.

Nas férias acabo sempre a levar maquilhagem mas se forem férias de praia pouco ou nada uso. A usar maquilhagem só à noite e a maioria das vezes tomo aquele banho de fim-de-tarde, antes de jantar e já me custa maquilhar-me para passado umas horas voltar para casa e ter de limpar o rosto todo outra vez.

No que toca a maquilhagem costumo levar:
- Base
- Corrector de olheiras
- Pó matificante
- Uma paleta de sombras neutras, geralmente em tons de castanho e dourado porque é o que mais uso
- Máscara de pestanas
- Bronzer/Blush, que se poder levo em travel size ou alguma paleta que tenha os dois
- Pincel de pó e um de esfumar sombras

Solares:
- Solar de rosto fps30 e 50
- Solar de corpo fps30 e 50
- Óleo bronzeador com protecção igual ou superior a 30
- Solar de rosto fps50
- Protector de lábios
- Stick fps50

Skincare:
- Sérum e hidratante de rosto habituais
- Água termal
- After sun 
- Gel calmante de aloe vera
- Esfoliante
- Um creme bastante hidratante para os pés como por exemplo uma manteiga
- Um creme cicatrizante e bastante hidratante, costumo levar o cicaplast da La Roche Posay

Produtos de higiente e outros:
- Gel de banho
- Hidratante de banho (no ano passado levei a linha cupuaçu da Ziaja)
- Shampoo
- Condicionador e máscara
- Escova, pasta dos dentes e fio dental
- Escova de cabelo
- Secador de cabelo se necessário
- Desmaquilhante
- Discos de algodão desmaquilhantes e cotonetes
- Desodorizante
- Corta unhas e pinça
- Pensos (para qualquer eventualidade ou até bolhas nos calcanhares que comigo é o pão nosso de cada dia)
- Elástico de cabelo
- Máquina depiladora (se for 15 dias ou mais)
- Pensos higiénicos/tampões se se aplicar
E eventualmente mais qualquer coisa que certamente agora não me estou a lembrar..


Para quem quer condensar o que leva é sempre uma boa ideia optar por produtos dois em um, hidratantes que permitam aplicar no rosto e corpo, gel de banho e shampoos dois em um ou shampoo e condicionador, óleos de protecção solar para rosto, corpo e cabelo como um que costumava usar da Clarins... Também há já muitas marcas, principalmente nas farmácias, que vendem kits de travel sizes. Outra opção é comparas as embalagens vazias e encher, em lojas como a Primark por exemplo vendem isso por dois tostões. Para quem quiser aproveitar, a Notino hoje começou uma promoção em que estão a oferecer um desses kit de viagem em que podem encher com os vossos próprios produtos em compras superiores a 40€

Conclusão, eu acabo sempre por levar mais do que uso, a não ser os solares e after-sun que tendem sempre a acabar....E vocês o que costumam levar de viagem? Contem-me!!