quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Um olhar sobre o Ballet


Hoje resolvi fazer um post diferente e mais longo, partilhando convosco um bocadinho de mim e uma das minhas paixões. A vida de uma bailarina é cheia de alegrias e tristezas, no meio do esforço, dores, contraturas, distenções musculares e outros afins. É um percurso longo feito de amor, insistência e dedicação.
Today I decided to make a different and longer post sharing with you a little bir of me and one of my passion. The life of a dancer is full of joys and sorrows, in the middle of stress and pain. It's a long journey made of love, persistence and dedication.



Mas a dança é alegria porque é feita de paixão! Há quem passe uma vida inteira a aprender, a evoului, a construir-se. Embora sempre tenha gostado de dança, por inúmeros motivos abandonei-a e foi sendo adiada por muito tempo. À medida que o tempo passava fui-me desligando da ideia, achando que estava velha demais, gorda demais e sem bases.
But dance is a joy because it's made with passion! Some people spend a lifetime to learn, evolve, build up. I had always liked to dance but for many reason I abandone it and it was delayed for long time. As time passed by I went off the idea, thinking I was too old, too fat and without foundations.

No meio dos muitos dissabores da vida, resolvi que era tempo de procurar alguma coisa que me desse realmente alegria, que me fizesse sentir bem e realizada. Foi então que comecei a procurar um sítio que me acolhesse, com a idade que tinha, com toda a inexperiência, mas com toda a minha vontade. Sem mais demoras comecei a ter aulinhas numa turma um tanto ou quanto à parte do que desejava, com pessoas que nunca tinham feito ballet ou dos 30 anos para cima que já tinha praticado e o faziam por amor à camisola mas como uma espécie de aula de manutenção.
In the middle of life's many disappointments, I decided it was time to find something that really gave me joy, that made me feel good and accomplished. It was then that I began searching for a school that could support me with that age, with all the inexperience, but with all my will. Without losing more time I started having lessoon in a class somehow apart from what I desired, with people who had never done ballet or with more than 30 years olg whoo had already done ballet and were doing it for love but as a kind of physic maintenance.

 

Passados uns meses resolvi respirar fundo e propôr-me a ter aulas num grau qualquer, o que mais se adequasse às minhas condições para futuramente fazer exame. Foi definiticamente uma provação à qual aderi e posso dizer-vos que neste momento tenho uma exame de grau 7 concluído com "Merit". Para quem não fazia ballet há 15 anos foi uma grande alegria. Hoje posso olhar para o diploma e sentir-me feliz pelo que consegui alcançar.
After a few months I decided to take a deep breath and propose myself to take lesson in some degree class, in that who would fit better my conditions. It was definitely and ordeal to which I joined and I can tell you that right now I have an grade 7 degree examination completed with "Merit". For someone who didn't ballet for 15 years it was a great joy. Today I can look at the diploma and feel happy for having achieved it.

Só há duas coisas que nos pões os nervos em franja de igual modo, os exames e os espectáculos! Seá que sei tudo, será que vou cair, torcer um pé, será que aqueci bem, será que estou dentro do tempo?.... São meses e meses de preparação para escassos minutos, que para nós são muito intensos, mas ainda mais escassos do que aos olhos de quem vê. Mas é todo o processo de aprendizagem, de evolução e finalmente provação que nos faz sentir e viver a dança.
There are only two things that put us on the fringe of nerves, examinations and performing! Do I know everything, won't I fall off, twist a foot, am I warmth, am I in time?... It takes months and months of preparations for a few minutes of performance in stage, those few minutes in stage are very intense for us, but are even more scarce to us than to the eyes of the public. But it's the whole process of learning, develipmente and testing that finally makes us feel and live dance.


Chegamos ao palco com mil preocupações na cabeça com medo do público e quando a música começa tudo isso desaparece, as preocupações, o público e a adrenalina faz-nos concentrar no som, na luz e nos movimentos num mundo à parte muito só nosso que acaba no fim de cada actuação.
We get to the stade with a thousand worries on mind, afraid of the public and when the music starts ir all dissapears, the eorries and the public and the adrenaline makes us focus on the sound, light and motion, making us feel in a worls apart, in a world really ours that ends at the end of each performance.






Há um ano atrás actuamos na Casa da Música, um ano volvido, a 9 meses de um novo exame e 10 de um novo espectáculo já começa o burburinho. O burburinho de como será a coreografia, como será a roupa, como será a maquilhagem e o cabelo? Pormenores que são pensados durante meses e que um dia se chega se entra num camarim, prepara-se o figurino, prepara-se a maquilhagem e são horas de magia, que passam num estalar de dedos e nos deixam com um sentimento de alívio e insatisfação. "Acabou?"
A year ago we performed at Casa da Música, a year after and with 9 months to the next examinations and 10 to a new performance the buzz already started. The buzz of how will be like the choreography, the clothes, the makeup and hair? Details that are thought for months and when that day arrives you go into a dressing room, prepare the costumes, sets and makeup for those hours of magic, which are a snap and leave us with a sense of relief and insatisfactions. "Finished?"


 

Isto para concluir que se quisermos de coração, se acreditarmos e formos atrás as coisas são possíveis. Não há alturas certas para se fazer as coisas. Obviamente não vou ser uma bailarina profissional, a dançar no corpo de bailado russo, mas sou uma pessoa que duas vezes por semana lá vou eu à luta, no meio das minhas gafes por falta de bases, em que muitas coisas não sou tão automáticas como nas outras, mas paro rio-me e tento outra vez. E se venho para casa mais desanimada e a tentar repetir e decorar os passos no espaço exíguo de um apartamento ou no corredor à espera do elevador chega o dia em que lá consigo e volto a acreditar que vale a pena.
This all to conclude that if we want a thing with all our heart, if we believe and we go after things they are possible. There isn't a right time to do things. Obviously I'm not going to be a professional dancer, dancing in the body of Russian ballet, but I'm a perso who twuce a week goes to fight even with all my problems because of lack of foundation, with many things in which I'm not automatic as the other girls, but I stop I laugh and try again. And if I come home more discouraged I try to repeat and memorize the steps in the confined space of my apartment or in the hallway while waiting for the lift to come and then arrives that day in which I can do the things and I beliece it's worth it.

E hoje é dia de "ir à luta" seguida de aula de ginástica. Melhor que isso é no fim voltar para casa e tomar um bom banho quente enquanto se trauteia a música que nos acompanha até casa e se tenta repetir este ou aquele movimento que não foi muito bem decorado.
And today is a day of  "fight" followed by gym class. Better than thar is that in the end I go home and take a nice hot shower while singing the music that comes home with us in our head and we try to repeat this or that movement that hadn't stay well known.




Qual é a vossa visão da dança e do ballet? Gostavam de ver mais posts sobre o assunto?

Beijinhos****








8 comentários:

  1. Deixei dois selinhos para ti no meu blog :)

    http://glamour-tentation.blogspot.com/2012/02/selinho-versatil-blogger.html

    http://glamour-tentation.blogspot.com/2012/02/somos-docinhas.html

    ResponderEliminar
  2. Adorei o post! Adoro ver ballet, adorava ir ver um espectáculo! Não fazia ideia de que havia exames e níveis e isso tudo :$ Sempre olhei para as bailarinas (e bailarinos!) a pensar na vida de sacrifício que eles têm e quão bom eles são *o*

    Eu á um mês ou coisa assim decidi-me a ter aulas de dança depois de meses a adiar. É mais para fazer exercício do que propriamente por paixão. Eu experimentei várias modalidades, uma das quais ballet mas era tão difícil e eu esforcei-me tão pouco que acabei por escolher outra que não gosto assim tanto...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Luísa! Obrigada por comentares! É verdade, há 8 níveis iniciais, onde decoramos os exercicios em exame repetimos e somos avaliadas, há exercicios de barra e de centro e depois há os graus "majors" onde já entram as pontas e exercícios livres (em que não vai nada decorado elas dizem os passos e temos de executar uma coreografia na hora).

      De onde és? Que tipo de dança fazes? Não é assim tão difícil, para mim foi difícil engrenar no esquema dos passos e decorar as coreografias porque não fazia há muitos anos, mas com o passar do tempo foi melhorando!

      Não que só haja espectaculos de ballet no Natal, mas aqui pelo menos nessa altura há sempre alguns, nomeadamente o Quebra-Nozes, Lago dos Cisnes...

      Bjinhos

      Eliminar
    2. Olá, de nada adoro o teu blog! Espero um dia o meu (outlawsofbeauty.blogspot.com) ficar assim *o*
      Não fazia ideia...
      Eu sou duma cidade pequena perto do Porto, e tu? Bem, eu ando numa escola «de bairro» por assim dizer, há 1 professor para todas as danças xD Supostamente a minha aula chama-se cardio mas é algo parecido com o hip-hop. Eu tenho problemas em tudo o que seja atividade física, não aprendo logo os passos, não os consigo fazer rápido e depois não decoro a coreografia. Mas espero melhorar.

      Eu acho que aqui não há mas talvez posso ir ao Porto um dia

      Beijos

      Eliminar
    3. Eu fui ao teu para seguir mas não encontrei onde... O meu também é novinho só tenho desde Dezembro, mas obrigada pelo o elogio! É sempre motivador e não passa por cá muita gente a dizer essas coisas... Eu vivo em Matosinhos e a minha escolinha só tem uma sala... ehehe é uma escola um tanto ou quanto "familiar" só há uma turma em cada grau e toda a gente se conhece. Isso é normal, com o treino e repetição as coisas melhoram, quando comecei achei que não ia conseguir decorar nada para o exame e afinal de contas lá o fiz... :D Bjinhos

      Eliminar
    4. Acho que dá para seguir na barrinha de cima e obrigada por ires ver! Ah mas já está muito bom e não tens de quê.
      Ah, isso é muito bom.
      Espero que sim e parabéns ;D
      Beijos

      Eliminar
  3. Gostei muito do post.

    É muito encorajador! De facto nunca é tarde para começar ou recomeçar um sonho e tu mostraste isso com este post.

    Talvez um dia volte a tocar Soprano...

    Gostei muito do teu blog e desejo-te muito sucesso!

    Já sou tua seguidora e participei no teu sorteio :)

    Tenho um sorteio também no meu blog, vai espreitar http://alacardoso.blogspot.com/2012/02/achavam-que-eu-so-vos-dava-grandes.html

    Beijo
    Célia

    ResponderEliminar